quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Delícias da vida

Hoje fui ao escritório. Em um momento de distração comecei a observar da janela a Praça Saenz Pena. Lá estava eu, no 12°andar e percebi algo que só se pode ver lá de cima: a praça é mágica.
Quando falamos na Praça Saenz Pena, só conseguimos pensar em gente apressada, buzinas e carros num trânsito infernal. Aliás, olhando lá de cima, a primeira impressão é essa. Mas quando meu olhar se perdeu no meio da praça vi a mágica...
Um casal namorava tranquilamente em um dos bancos... Sem pressa, sem gestos fortes... Ela só deixava a cabeça repousar sobre o ombro do rapaz enquanto ele fazia carinho nos cabelos dela.
Três velhinhos, um senhor e duas senhoras, conversavam, quando de repente, mais um senhor chegou e apertou a mão do amigo. Quando achei que ele apertaria a mão das duas senhoras ele segurou a mão da primeira e beijou. Em seguida, pegou a mão de sua outra amiga e repetiu o bonito gesto. Juro que me deu até vontade de chorar. Como, no meio daquele caos, aquele senhor ainda lembrava de ser calmamente educado? Mágica da vida...
Uma jovem segurava seu cachorrinho no colo e o afagava.
Uma mãe segurava mochilas, lancheiras e tralhas mil enquanto seus filhos corriam e brincavam de bola.
Uma senhora sentou em um dos bancos e ficou lá, em um "dolce far niente".
Um rapaz com seus 20 e poucos anos lia seu jornal.
A mágica da vida acontecendo ali, na minha frente. Fiquei um bom tempo olhando, apreciando e agradecendo a Deus por eu ter olhos que conseguem enxergar essa beleza enquanto a maioria só passa com pressa pela vida.
Meu diretor terminou o telefonema e me chamou. Voltei a vida real. E feliz. Sim, é fácil ter uma vida real e feliz, é só escolher....

Boa dia de amanhã!!!

2 comentários:

Carol disse...

lindo post, lindo texto amiga! Adoro observar a vida ao redor...

Kika Bastos disse...

por essas e outras que eu te amo... vc enxerga longe!!! desde sempre

 

Eu, Eu Mesma, Andreia e Guidarelli... © 2009. Design By Kel designs