segunda-feira, 10 de março de 2008

A vida é bela...


Fiz 30 anos...

Depois de namorar três anos e meio voltei a ficar solteira.... E perdida...

Nesse caminho tive outras decepções e dificuldades... Tudo começou a ficar bem complicado....

Procurava saídas e não as encontrava... Quanto mais procurava, mais nervosa ficava porque menos enxergava... E como escuridão atrai escuridão chegou um momento em que fiquei completamente cega. Achei que tudo estava errado até aquele momento da minha vida e que dali pra frente o conserto seria quase impossível...

Como "não havia saída" parei de pensar e resolvi relaxar.... Sempre soube que a melhor saída era essa: relaxar... Mas o cerébro da gente às vezes parece que tem vida própria. E foi então que tudo ficou claro: A felicidade é simples... Basta que você seja feliz com o que realizou e com as suas possibilidades... Se você não consegue alcançar esses dois potes de ouro é só mudar o foco e as estratégias... O foco é sempre em si próprio e isso não é egoísmo não. É simplesmente a única forma de ser feliz. Devemos agradar a nós mesmos ou a sociedade? A resposta parece óbvia, mas quando estamos imersos em dificuldades é difícil enxergá-la com clareza. Quando a enxergamos como num encantamento tudo passa a ficar lindo, e a vida volta a ser deliciosamente saboreada em cada segundo. Coisas que antes me incomodavam hoje não fazem a mínima diferença, dificuldades sumiram e quando olhei para os lados percebi a riqueza que tenho: meus amores, meus amigos, minha família....

Mudei o foco e percebi que nesse mesmo período uma pessoa mega-blaster-sourround especial apareceu na minha vida e qualquer que seja o papel que ele cumpra e a forma com a qual o desempenhe ele me faz muito feliz porque me trata com atenção, carinho e o mais importante: me faz rir sempre!

Tive a certeza de uma amizade muito importante para mim e perdi o receio que tinha de me soltar com ela. Hoje tenho certeza absoluta que somos amigas.

Passei um carnaval fantástico junto com a minha família. E foi nesse carnaval que pude perceber o quanto eu realmente cresci...

E como se isso tudo não bastasse meu primeiro-grande-amor-de-infância-amigo-eterno reapareceu com a decisão de se tornar presente novamente - o que é uma alegria incomensuráve. Ele é tão especial, tão especial que mesmo sem imaginar "salvou" de vez a minha auto confiança em relação a um assunto que muito estava me preocupando...

A tal da crise dos 30 existiu para mim...

Mas durou bem pouco....

Está indo embora sem deixar saudade e mostrando que há um caminho lindo ainda pela frente...

E que venha a vida!!!

5 comentários:

Daniele disse...

O que comentar, se você já disse tudo ?

Que bom que você saiu daquela fase.

E que continue assim por muito tempo.

Beijos

Dri disse...

Que post mais lindo!!! E que bom que vc está bem. É o que importa de tudo isso!! Um grande beijo!!

Lulu on the Sky disse...

Guida, não tem crise dos 30. Podemos dizer q a fase melhor da vida começa aos 30.
Big Beijos

Manuela disse...

Feliz por vc.
Muito mesmo.
Me reconheci em algumas palavrinhas, mesmo que aos 20 e poucos...

Bjão!

D. CASTRO Coccarelli disse...

Você q é uma MEGA ULTRA HYPER BLASTER SUPER MASTER TOTTAL SPECIAL person 4 me!

Tinhamu Deínha, beijossssss! Adorei a homenagem :)

 

Eu, Eu Mesma, Andreia e Guidarelli... © 2009. Design By Kel designs